Posso colocar lentes de contacto numa clínica dentária?

Descubra uma técnica que permite redesenhar os seus dentes e corrigir as imperfeições de forma personalizada.

Para além da saúde e da função dos dentes, um tratamento integral da nossa boca pressupõe também uma preocupação com a componente estética. Sendo um elemento essencial para nossa autoestima e para que possamos sorrir com confiança, esta área tem vindo a desenvolver técnicas cada vez mais eficientes e capazes de restaurar os dentes dos Pacientes em tempo recorde, em clínica dentária. Vejamos uma delas: as lentes de contacto dentárias.

O que são as lentes de contacto dentárias?

De um modo simples, as lentes de contacto dentárias são lâminas ultrafinas que são colocadas na parte da frente dos dentes normais, com o intuito de lhes devolver a sua componente estética. Habitualmente feitas em porcelana, estas lentes podem mudar vários aspetos, como o formato, o tamanho ou até o alinhamento dos dentes, devolvendo um sorriso perfeito ao Paciente, em pouco espaço de tempo.

Em que casos são utilizadas?

As lentes de contacto podem ser aplicadas em vários contextos. De facto, seja para eliminar o espaço entre os dentes, para corrigir eventuais defeitos de formação ou, por exemplo, para restaurar dentes desgastados ou ligeiramente partidos, esta pode ser uma alternativa válida. Por outro lado, é importante notar que este tratamento requer que os Pacientes apresentem uma estrutura de dentes saudável. Nesse sentido, no caso de problemas mais severos (como a perda de uma grande parte dos dentes naturais, por exemplo), este deixará de ser o procedimento mais indicado.

Quais as principais vantagens?

Para além da sua função principal, existem 5 principais vantagens que tornam as lentes de contacto dentárias uma solução ainda mais aliciante do que as restantes formas de restauração dentária.

  1. Menos invasivas – Comparativamente com as facetas tradicionais, que são mais espessas e requerem um maior desgaste dos dentes, as lentes são muito menos invasivas, podendo até não alterar de todo a estrutura do dente original, dependendo do caso.
  2. RapidezRealizadas numa média de 3 consultas, são a opção ideal para quem procura um resultado eficaz e célere no que a dentes desalinhados ou ligeiramente quebrados diz respeito.
  3. Manutenção – A menos que tenha o hábito de ranger os dentes (o chamado «bruxismo»), a utilização destas lentes não requer cuidados de manutenção substancialmente diferentes dos dentes naturais.
  4. Efeito natural sem manchas – As características do material tornam-nas muito semelhantes às camadas externas dos dentes, alcançando um resultado idêntico ao natural. Para além disso, sendo feitas de porcelana, não mancham como os materiais mais porosos.
  5. Simulação – É possível pré-visualizar o resultado final, mostrando-o ao Paciente para que pondere se deseja prosseguir com o tratamento ou não.

Que cuidados devemos ter?

De um modo geral, a utilização de lentes de contacto dentárias não prevê cuidados de higiene muito diferentes dos habitualmente recomendados para os dentes naturais. Ainda assim, é importante recordar que, apesar do tratamento garantir que a superfície visível dos dentes é remodelada esteticamente, não se deve descurar uma limpeza correta das restantes zonas dos dentes naturais. Para prolongar a duração das suas lentes e evitar problemas no futuro, é essencial que cuide da sua higiene oral de forma completa e que visite regularmente o seu dentista (pelo menos, de 6 em 6 meses). Se procura uma solução estética para os seus dentes, consulte o seu médico. Desse modo, poderá analisar melhor o seu caso e decidir em conjunto a opção que melhor se adapta à sua condição e às suas expectativas.

Avaliação de Saúde Oral no Médico dos Dentes

Hoje em dia, seja qual for o tratamento escolhido, a verdade é que ter um sorriso como sempre idealizou já não é um sonho difícil de realizar, mas sim uma realidade ao alcance de todos.

Partilhe este artigo

Explorar mais

SABIA QUE TEMOS 9 CLÍNICAS À SUA DISPOSIÇÃO?