Sedação consciente no dentista: como funciona?

Descubra a sedação consciente, uma técnica que pode ajudar a reduzir o medo e a ansiedade dos Pacientes no dentista.

Muitos Pacientes não visitam o dentista com a devida regularidade porque sentem medo e ficam stressados com os procedimentos, em clínica dentária. Conhecendo a importância da prevenção e do acompanhamento médico para a saúde oral, a Medicina Dentária aproveitou o avanço tecnológico para oferecer uma nova solução que promete facilitar as idas ao dentista a milhares de pessoas, a sedação consciente.

O QUE É A SEDAÇÃO CONSCIENTE?

A sedação consciente é uma técnica que permite reduzir o medo, a ansiedade e até o reflexo de vómito que muitos Pacientes sentem durante as consultas no dentista. Recorrendo à inalação de um gás (normalmente formado por protóxido de azoto e oxigénio), esta prática garante, ainda, que as pessoas se mantêm acordadas e cooperantes, assegurando que o tratamento dentário decorre normalmente e em perfeitas condições de segurança.

COMO FUNCIONA NO DENTISTA?

Quando é necessário aplicar anestesia por injeção, a sedação consciente não a substitui. No entanto, deixa o Paciente mais relaxado para o tratamento e, uma vez que é utilizada em primeiro lugar, faz com que seja mais fácil receber esta anestesia, de seguida. De um modo simples, para além do efeito analgésico (que reduz a perceção de dor), esta técnica funciona através de outros dois efeitos: o ansiolítico e o amnésico. O primeiro é o que contribui para a diminuição da ansiedade do Paciente, facilitando o seu tratamento, e o segundo permite que alguns momentos da consulta não sejam recordados, diminuindo o stress no futuro.

EM QUEM PODE SER UTILIZADO?

Habitualmente, esta técnica é mais utilizada em crianças que têm dificuldade em colaborar com o dentista durante os tratamentos. No entanto, pode ser aplicada em praticamente todas as pessoas, com exceção de casos clínicos mais sérios, como pneumotórax, enfisema pulmonar subcutâneo ou traumatismos crânio-encefálicos. Por esse motivo, a sedação consciente apenas é aplicada depois de uma análise do seu historial clínico, com meios de diagnóstico adequados.

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS VANTAGENS DE A UTILIZAR NO DENTISTA?

Embora tenha a limitação de apenas funcionar por inalação (não sendo possível utilizar este procedimento se o nariz do Paciente estiver obstruído), a sedação consciente apresenta várias vantagens:

  1. Pode ser usada em várias áreas – Já utilizada em meio hospitalar há muitos anos, esta solução pode ser usada em quase todos os procedimentos clínicos da Medicina Dentária.
  2. Efeito rápido – Normalmente, o efeito tem o seu pico máximo logo 3 minutos depois da inalação.
  3. Controlável – O médico pode alterar o nível de sedação a qualquer altura.
  4. Baixo período de recuperação – Habitualmente, bastam cerca de 10 minutos para que o Paciente recupere.
  5. Mais simples do que a anestesia geral – É um procedimento fácil, seguro e com um risco menor para o Paciente, que se mantém consciente durante o processo.
  6. Barato – Não representa um custo significativo.

E DEPOIS DA CONSULTA?

Depois do tratamento, apenas o seu médico dentista poderá avaliar o seu estado de recuperação. Ainda assim, geralmente, a sedação consciente não requer nenhum cuidado especial e o paciente volta ao estado normal imediatamente após a consulta, podendo aproveitar o resto do seu dia com normalidade.

consulta no dentista - medico dos dentes

Se costuma ficar ansioso quando vai ao dentista, agora já conhece uma técnica que lhe permite usufruir dos tratamentos sem stress. Informe-se junto do seu dentista, deixe os medos de lado e trate da sua saúde oral sem quaisquer problemas.

Partilhe este artigo

Explorar mais

Ranger os dentes: um comportamento a evitar
Dentisteria

Ranger os dentes é normal?

O hábito de ranger os dentes, designado por “bruxismo” pode ocorrer de forma involuntária, e até durante o sono, por isso passa despercebido à maioria das pessoas.

Ler mais »

SABIA QUE TEMOS 9 CLÍNICAS À SUA DISPOSIÇÃO?