Como utilizar fio dentário? As dicas do dentista

Aprenda a utilizar um instrumento essencial para remover a placa bacteriana e os restos de alimentos entre os dentes.

Os espaços entre os dentes acumulam, diariamente, restos de alimentos que se tornam bastante difíceis de eliminar. Por isso, recorrer apenas à escovagem não é suficiente e a importância do fio dentário tem sido cada vez mais realçada por cada dentista. No entanto, a verdade é que este processo requer alguma prática, podendo revelar-se difícil se não for feito da melhor forma. E se revirmos o procedimento?

QUAL É A UTILIDADE DO FIO DENTÁRIO?

A vantagem mais evidente do uso do fio dentário é, precisamente, ajudar na remoção da placa bacteriana e dos alimentos que ficam retidos nos espaços interdentários. Deste modo, é possível prevenir doenças nas gengivas, cáries e até eliminar o mau hálito de forma mais eficaz.

SEGUNDO O DENTISTA, COMO É QUE O DEVEMOS UTILIZAR?

  1. Retirar da caixa – Utilize cerca de 40cm de fio dentário.
  2. Enrolar nos dedos – Comece por enrolar o fio nos dedos médios das mãos: num, a maior parte do fio e noutro uma pequena parte da extremidade oposta. Deixando algum fio entre os dedos, assegure-se de que utiliza fio limpo em cada espaço. Para isso, à medida que o for usando, enrole-o no dedo onde tinha colocado menor quantidade, inicialmente.
  3. Introduzir o fio entre 2 dentes – Com o auxílio dos polegares e dos dedos indicadores, coloque o fio no espaço entre dois dentes.
  4. Iniciar os movimentos – Fazendo a forma de um “C”, encoste o fio a uma das superfícies dentárias. Depois, deslize-o suave e verticalmente ao longo de cada dente. Neste processo, deverá ultrapassar ligeiramente a linha entre o dente e a gengiva, mas sem forçar.
  5. Remover o fio do espaço – Para retirar o fio do meio dos dentes, faça movimentos suaves para a frente e para trás, até sair com facilidade.
  6. Repetir em todos os dentes – Efetue o mesmo processo para todos os dentes, até garantir que todos os espaços foram limpos.

QUE TIPO DE FIO DENTÁRIO O DENTISTA ACONSELHA A USAR?

Existem vários tipos de fio dentário disponíveis no mercado, com várias características. Há fios que possuem vários filamentos e outros de filamento único, geralmente aconselháveis para quem possui os dentes mais apertados. Para além disso, existem produtos com vários sabores, com ou sem cera, com efeito branqueador, com haste e até porta-fios, escovilhões e outros fios especialmente concebidos para pacientes que usam aparelho. Ainda que estejamos perante um produto tão diversificado, não é possível dizer, à partida, qual é o melhor tipo de fio dentário. A escolha acertada dependerá das necessidades específicas de cada paciente e, para isso, o ideal é aconselhar-se junto do seu médico dentista.

USAR O FIO DENTÁRIO ANTES OU DEPOIS DA ESCOVAGEM?

Esta é uma das principais dúvidas quando se fala do uso do fio dentário. A maioria dos profissionais aconselha que os pacientes utilizem o fio dentário antes da escovagem. Ainda assim, mais do que a ordem pela qual são realizados, o essencial é que não se abdique de nenhum dos processos, pois só assim se conseguirá uma limpeza completa e eficaz dos dentes.

Como usar o fio dentario como um dentista - Médico dos dentes

Se gostava de perceber melhor o funcionamento do fio dentário, visite o seu dentista, de forma a garantir que faz uma higiene oral perfeita. Experimente adotar estes passos e sorrir com mais confiança. 

Partilhe este artigo

Explorar mais

Ranger os dentes: um comportamento a evitar
Dentisteria

Ranger os dentes é normal?

O hábito de ranger os dentes, designado por “bruxismo” pode ocorrer de forma involuntária, e até durante o sono, por isso passa despercebido à maioria das pessoas.

Ler mais »

SABIA QUE TEMOS 9 CLÍNICAS À SUA DISPOSIÇÃO?